Quais são as promessas do Corinthians?

A pressão e a expectativa colocada sobre os jogadores no Brasil por se destacarem nas divisões de base é grande. Desde cedo, os jogadores são colocados sob pressão para se destacarem e se tornarem estrelas o mais cedo possível. Essa pressão pode resultar negativamente no desenvolvimento do atleta, tornando-se difícil para eles render em alto nível. 

Os jogadores Pedro, Giovane, Biro e Robert Renan foram convocados para a seleção sub-20.

 

Pedro, um atacante, ponta direita e esquerda de 18 anos, foi vendido ao Zenit por 9 milhões de euros. Suas características lembram o renomado atacante Neymar, da seleção brasileira: é versátil, possui controle e agilidade com a bola. Dependendo de seus dribles hablidosos, Pedro deixa seus adversários para trás, demonstrando inteligência em sua visão de jogo ao tomar decisões acertadas, seja finalizando a gol ou passando para o companheiro próximo ao goleiro. No ano passado, Pedro era alvo do Arsenal, ele acabou sendo vendido pelo Zenit, após ser envolvido em uma troca por Yuri Alberto; o Zenit possuía preferência de compra sobre o atleta.

Pedro

Giovane é um dos grandes talentos dos quais podemos esperar para futuras Copas do Mundo. A jóia corintiana demonstrou um domínio excepcional com a bola e sua habilidade, aliada à agilidade, surpreende os marcadores. Ele é capaz de executar movimentos rápidos e ágeis, além de dribles que deixam seus adversários para trás com facilidade, graças à sua força física. Suas combinações de jogo trazem um estilo semelhante ao de “Adriano Imperador”, e graças a isso já foi sondado pela Fiorentina, da Itália.

Giovane

Biro recebe esse apelido em homenagem ao grande ídolo do Corinthians, Biro-Biro. O jogador atua como ponta direita, ponta esquerda e meia ofensivo. O jovem talento também é uma grande promessa, seria um nome ideal para trazer o hexa campeonato em 2026? Biro é um jogador que possui habilidade técnica refinada; seu controle de bola é preciso e seus dribles são eficazes. Seu chute possui uma técnica aprimorada e potente, dificultando para o goleiro. 

Guilherme Biro

Robert Renan é um jogador que atua como zagueiro. Atualmente, ele joga pelo Internacional, emprestado pelo Zenit, outra cria do terrão vendida ao futebol russo. Robert se destaca por ser um jogador que sabe se antecipar aos atacantes adversários, prevendo os seus movimentos antes do atacante executá-los. Além disso, Robert é um zagueiro que possui habilidade no desarme e não comete faltas perigosas na entrada da área. Durante decisões de pressão, Robert consegue manter a calma e a serenidade.

Robert Renan

Felipe Augusto é um centroavante revelado pelas categorias de base do Corinthians. Ele é o segundo artilheiro do sub-20 com 13 gols em 2023. Em seu jogo, Felipe faz uso de sua força física a seu favor. O atleta imitou em sua comemoração o jogador Haaland, um dos destaques da Champions League. Atualmente, Felipe defende o Cercle Brugge, da Bélgica.

Felipe Augusto

Wesley é um atacante versátil, que pode atuar nas duas pontas do campo e como segundo atacante. Apesar de sua altura, demonstrou grande habilidade em seus dribles. Sua força física o torna um jogador difícil de ser marcado. Revelado pelas categorias de base do Timão, Wesley chamou a atenção de clubes como Lyon, Real, Betis Everton e PSG. O jogador possui características semelhantes a de Kylian Mbappé, incluindo força física e habilidade nos dribles.

Wesley Gassova

Matheus Araújo é um jogador que atua como segundo atacante e meio campista que demonstra versatilidade, sendo capaz de atuar tanto de forma ofensiva quanto central. Mais uma promessa proveniente do terrão, é tratado como uma peça chave pelo clube alvinegro. O jogador já recebeu proposta do Sporting, de Portugal, porém continua sua trajetória no Corinthians. 

Ele tem sido escalado com mais frequência que no ano anterior e, na minha opinião, tem mostrado mais potencial e qualidade do que Fausto Vera. Além disso, Matheus foi convocado para seleção sub-17 em 2019, onde foi campeão ao lado de seu colega de clube, Matheus Donelli. 

Matheus Araújo

Matheus Donelli foi convocado pela seleção brasileira em 2019 para disputa do Mundial Sub-17, do qual foi campeão e eleito o melhor goleiro. No entanto, atualmente Donelli enfrenta uma escassez de oportunidades devido ao destaque do goleiro Carlos Miguel, que tem se sobressaído nas partidas em que atua. Resta saber se o técnico António Oliveira optará por aproveitar o jovem talento de Donelli e tentará instilar nele a mesma confiança que o goleiro Cássio transmite. 

Matheus Donelli

Fonte: (em negrito)